31 out

Como baratear as taxas de condomínio?

Desde de meados de 2014, a crise econômica tem causado grandes impactos na vida do brasileiro: lazer, alimentação, moradia e o crescente desemprego. As taxas de condomínio, devido à manutenção e administração, têm aumentado ano a ano de forma incompatível com o bolso do cidadão como reflexo dessa crise, o que tem contribuído para o aumento de inadimplências, ações judiciais e até mesmo no preço do aluguel.

O morador sem condições de pagar muda-se para outro mais em conta; o proprietário perde o inquilino e tem que arcar com a despesa; e o condomínio não consegue fechar as contas no azul.

Muitas vezes, essa taxa não condiz com a realidade do condomínio, que começa a buscar alternativas para economizar na folha de pagamento. Os encargos advindos de passivos trabalhistas podem contar muito no final do mês, caso o edifício tenha funcionários próprios, que podem chegar a 60% da receita.

Porém, não é somente neste ponto que os condomínios tem a perder. A alta rotatividade de funcionários gera contas absurdas para se pagar no fim do mês, com encargos, indenizações ou multas, além de haver a possibilidade de problemas de relacionamento entre eles e o síndico.

Por isso, a terceirização tem sido a opção mais viável, econômica e tranquila, já que ela assume toda a responsabilidade com os serviços prestados de portaria, zeladoria e limpeza, sozinha.

Ao colocar essa parte de serviço e funcionários nas mãos de uma companhia terceirizada competente, os síndicos passam a ter mais tempo para se dedicar a outras atividades, principalmente pensando em alternativas para economizar com os gastos.

Além de não ter a alta rotatividade de funcionários e os encargos trabalhistas, evitando problemas de relacionamento, há uma previsão de gastos mais exatos nas contas.

Há ainda mais benefícios quando levamos em consideração o preparo dos funcionários terceirizados para atuar na administração com responsabilidade e segurança, estando sempre atentos para possíveis futuros problemas e como saná-los rapidamente com os menores custos e trabalho de qualidade.

Isso ocorre porque a empresa que presta os serviços tem cursos de especialização, que deixam seus funcionários sempre atualizados quanto a diversas questões importantes, como ação de criminosos, por exemplo.

Por isso, os síndicos e moradores de condomínios devem procurar novas possibilidades e procurar empresas terceirizadas que já tenham experiência de mercado, estejam regulamentadas e que comprovem o recolhimento dos direitos trabalhistas.

Em tempos de crise, são necessárias medidas imediatas e preventivas, a fim de estabelecer a harmonia financeira e administrativa dos condomínios e ainda assim, zelar pelo bem-estar de todos os moradores.

Fonte: www.sindiconet.com.br

virtual-banner

Share this

Leave a reply

Solve : *
17 + 26 =